Cidade

São Carlos: Cisilotto pede para sair

29 de Novembro de 2013

Conselho de Administração deverá manter o foco na normalização financeira e não irá colocar outra pessoa no cargo


 

Cirano Cisilotto, que ocupava o cargo de superintendente operacional do Hospital Beneficente São Carlos desde a  composição da nova gestão, formada no início do mês, renunciou ao cargo no dia 18 de novembro. Segundo ele, a decisão foi estritamente pessoal e teve total entendimento da nova gestão. Cisilotto justifica seu pedido de  demissão pelo fato de, no momento, não ser necessário o seu trabalho no novo cargo. De acordo com ele, desde a saída de Itacir Sebben da presidência do Conselho Deliberativo do HBSC e a consequente troca de cargos, não  havia mais motivos para que ele permanecesse no cargo, uma vez que Luis Eduardo Ornaghi, enquanto superintendente administrativo, estava executando praticamente as mesmas tarefas. “Agora ele é o cargo de  confiança da nova diretoria”, resume.

Conforme relata o superintendente administrativo, Eduardo Ornaghi, apesar do pedido de demissão ter partido do próprio Cisilotto e a equipe ter demonstrado interesse na sua permanência no cargo, o ex-superintendente justificou sua saída com o interesse em dar continuidade a outros projetos e trabalhos. No entanto, Ornaghi salienta que, mesmo afastado do cargo, Cisilotto entregou toda a documentação e tem contribuído com o repasse de todas as informações necessárias. Além disso, colocou-se à disposição para auxiliar no que for preciso.

Confira a matéria completa na edição impressa da última sexta-feira.