O Farroupilha
  1. Home
  2. Artigo

Desafios do Mundo V.I.C.A.

“Tenhamos serenidade para aceitar tudo aquilo que não pode e não deve ser mudado. Força para mudar tudo o que pode e deve ser mudado. Mas, acima de tudo, sabedoria para distinguir uma coisa da outra.”


Baseado na mudanças que o mundo esta passando no qual as estruturas, então, solidas e permanentes, estão se transformando ou desaparecendo o sociólogo Zigmunt Baumann cunhou um conceito para defini-lo. Vivemos num mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo, o Mundo V.I.C.A. Este conceito sintetizado numa sigla tenta definir o estado das coisas do mundo e na maneira como nos afectam, ou seja, como sentimos e vivemos o mundo de hoje. 
Estamos imersos num mundo muito veloz e ansioso pelas novidades, menos estável e mais propenso a mudanças e transformações vertiginosas, extenuante e altamente estreante devido as adaptações que temos que fazer diariamente. 

Volatilidade, faz referência ao estado oscilante das coisas, tudo parece estar acontecendo dentro de uma normalidade e de repente, num instante tudo muda. Muda em quantidade, velocidade e forma, de maneira viceral. Mudanças de paradigmas, a tecnologia que avança mais rápido que sua implementação, o desequilíbrio no ecossistema e nas economias, por exemplo.

Incerteza, a sensação de caos que nos impede imaginar quais serão as conseqüências daquilo que estamos vivendo. A gestão da incerteza tornou-se um tema fundamental, temos que aprender a viver com a gestão da incerteza, pois já não existe mais certeza. Estamos num momento onde existem mais perguntas que respostas onde as variáveis se multiplicaram e saíram de controle.

Complexidade, as transformações e a velocidade que elas  acontecem estão alterando as funções e as formas como tudo e todos  interagem entre si. Novas realidades que estão surgindo e não sabemos como geri-las e quando aprendemos elas já mudaram para uma nova forma. 

Ambiguidade, a volatilidade, incerteza e complexidade fizeram que tudo assumisse múltiplos e confusos significados. A tecnologia alterou a relação que temos com o mundo, em todas as esferas, as distancias parecem que nāo existem mais, as relações entre as pessoas tornaram-se virtuais, entre aplicativos informáticos, o espaço e o tempo e o estado das coisas ainda existem mas são percebidos e geridos de uma maneira diferentes de como realmente são. O real e o abstrato se confundem.

Para fazer frente a esses desafios Baumann sugere afrontar as circunstâncias com uma contra-postura alicerçada na  Visão; Introspeccão, Conhecimento e, Adaptação, ou seja, o outro lado do acrônimo V.I.C.A. Na próxima coluna escreverei a respeito desses conceitos. Enquanto isso, como sociedade evoluída, sugiro que façamos uma reflexão no estado das coisas, das nossas responsabilidades e daquilo que almejamos. Que façamos uma análise de quem são os nossos líderes, que índole possuem  e, se estão de fato, preparados para enfrentar a dinâmica volátil, incerta, complexa e ambígua do mundo que vivemos.