O Farroupilha
  1. Home
  2. Artigo

Que loucura esse marketing!

O marketing não é mais o mesmo. É evolutivo. É imparável. Muda e evolui a uma velocidade absurda, tal como modelos de smartphones. Sempre tem coisa nova, e o que era novidade no ano passado já está ficando para trás. 

São técnicas e mais técnicas. Estratégias e mais estratégias. Ferramentas e mais ferramentas. O maior desafio de um profissional, departamento ou empresa é conseguir acompanhar esse ritmo frenético de desenvolvimento e mudanças.

Algumas empresas acabam não acompanhando essa epifania de emoções evolutivas. Ficam para trás. E muitas ficam bem para trás, por sinal. Muitas marcas ainda praticam os princípios do Marketing 1.0. Só para ter uma ideia, é uma forma tão antiquada de comunicar quanto passar um fax. Aliás, quando surgiu, nem fax existia ainda eu imagino. Fortemente influenciado pela Revolução Industrial, o Marketing 1.0 tem foco no produto. “Nosso produto é o melhor, nosso produto é isso, nosso produto é aquilo blablabla”. 

A proposta de valor era puramente voltada ao produto. É um marketing narcisista. Ele não dá espaço para relacionamento e para o consumidor. É velho, mas está aí, por toda a parte. Tem muita empresa se vendendo como se estivesse em décadas atrás. 
Depois veio o marketing 2.0, mais focado no consumidor, e mais recentemente o marketing 3.0, onde entra em pauta os valores da marca e o que ela representa. Só que a coisa não para. E não vai mais parar. Hoje fala-se em Marketing 4.0. Sim, o Marketing está praticamente ultrapassando a internet móvel (risos).

Quem trouxe esse conceito claro que foi ele, Philip Kotler. Ele retornou em 2016 aos seus 85 anos (e subindo) para nos dizer mais uma vez que o marketing estava mudando. Chegava o marketing 4.0 com sua transformação digital. Kotler fala da convergência da comunicação tradicional com a digital para juntas envolverem um consumidor cada vez mais sem tempo e conectado. Também fala da era da colaboração com participação ativa do consumidor, seja na comunicação ou no desenvolvimento de novos produtos.

Tudo isso é o que vemos hoje. Marketing de Conteúdo. Growth Marketing. Growth Hacking. As estratégias de vendas e de relacionamento estão cada vez mais complexas. E logo isso já ficará pra trás.

A GRANDE PERGUNTA
Em qual era do marketing está a sua empresa?