O Farroupilha
  1. Home
  2. Artigo

Transtorno de estresse pós-traumático - Efeitos da Politicagem Brasileira

O despreparo, o roubo, a corrupção e a satisfação das vaidades tem aniquilado com  a real função da política e da democracia no Brasil. Há décadas a sociedade brasileira é assolada pelos nefastos efeitos da sistemática politicagem praticada pelos políticos e partidos políticos brasileiros que, ao invés de governar para o desenvolvimento pleno, harmônico e sustentável,  dos cidadãos e do território,  estão comprometidos a satisfazer os caprichos dos seus protagonistas.

Todos nós brasileiros estamos sofrendo  as consequências desses desgovernos que vem nos  adoecendo como indivíduos e como sociedade. Décadas de  frustração, desilusão, insegurança e subdesenvolvimento tem gerado  transtornos, traumas e estresse crônico que nos levaram à condição de extrema vulnerabilidade, hostilidade e desunião social. Uma condição gravíssima que fragiliza a cidadania, fortalece o partidarismo e a polarização e, ao invés de unir, divide a sociedade. Gerando abismos sociais ao invés de eliminá-los.

Segundo os especialistas, o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é uma condição de saúde mental que é desencadeada por um evento aterrorizante - seja experimentando ou testemunhando. Os sintomas do TEPT causam problemas significativos em situações sociais, de trabalho e de relacionamentos,  podem interferir na capacidade de executar as tarefas diárias normais. Esses sintomas são  geralmente agrupados em quatro tipos: memórias intrusivas, evasão, mudanças negativas no pensamento e no humor e alterações nas reações físicas e emocionais.

 

Os sintomas de memórias intrusivas podem incluir:

Reviver o evento traumático como se estivesse acontecendo novamente (flashbacks);

Lembranças angustiantes recorrentes e indesejadas do evento traumático;

Sofrimento emocional grave a algo que o lembra do evento traumático.

 

Os sintomas de evasão podem incluir:

Evitar pensar ou falar sobre o evento traumático;

Evitar lugares, atividades ou pessoas que lembrem você do evento traumático.

 

Os sintomas de mudanças negativas no pensamento e no humor podem incluir:

Pensamentos negativos sobre você, outras pessoas ou o mundo;

Desesperança sobre o futuro e falta de interesse nas atividades que você já desfrutou; 

Sensação de desapego da família e dos amigos e dificuldade em manter relacionamentos próximos.

 

Os sintomas de alterações nas reações físicas e emocionais podem incluir:

Ser facilmente assustado, sentir-se vigiado ou em perigo;

Comportamento autodestrutivo, explosões de raiva ou comportamento agressivo.

Problemas para dormir e problemas de concentração.

 

Se de fato queremos mudar a nossa Nação temos a obrigatoriedade de nos curar primeiro, buscar tratamento e alcançar a saúde mental e espiritual, pois, caso contrário, continuaremos elegendo e idolatrando  energúmenos como líderes, acreditando que são mitos, salvadores da pátria, caçadores de marajás, defensores dos fracos e oprimidos, sem dar-nos conta que  são eles a causa de estarmos cada vez mais pobres e adoecidos.