O Farroupilha
ODAIR MATOS
O Ciclo que se renova

Tudo em nossas vidas se renova, no passado era o que dava certo, depois entrou a modernização, mas com o passar do tempo volta o que antigo já estava e se torna moderno novamente. Um exemplo disso são as barbearias retrôs, que hoje tomaram conta das avenidas e principais pontos das cidades, antigamente cada vila tinha um barbeiro onde homens iam fazer sua barba e cabelo, com o passar do tempo “barba bem feita era barba raspada”, aí entrou os salões de beleza e cabeleireiros em alta, mas voltado muito ao público feminino, pois se tivessem que se sustentar por barbas feitas “morreriam de fome” e hoje a moda da barba voltou e junto com ela os barbeiros. A necessidade cria a demanda.
Outra coisa que eu percebi que voltou a moda foram as viagens de ônibus, no passado era só o que tinha praticamente pois poucos tinham condição de ter um carro e viagem de avião era só pra elite da sociedade, aí passou o tempo e as pessoas migraram, compraram seus carros, optaram por avião pois ambos se tornaram possíveis ao bolso da população, mas aí novamente se percebe que o tempo passa e o ciclo se renova, e o que está em alta novamente é a necessidade por viagens de ônibus, por vários fatores, um deles é trânsito, outro é segurança, conforto e descanso, pois com a necessidade as próprias empresas de ônibus se modernizaram e fizeram veículos mais ergonômicos, até empresa com setor cabine cama tem para viagens longas, onde a poltrona é individual e você entra literalmente dentro de uma cabine e além do banco reclinar 100% ainda conta com um apoio horizontal para as pernas.
Creio que num futuro muito em breve os trens irão voltar a ser coadjuvante principal de nosso transporte, aqui mesmo em nossa cidade de Farroupilha eu confio que a ligação serra através da ferrovia vai acontecer pois como o ciclo se renova podemos esperar o que já não estava mais nos planos se tornar uma de nossas principais necessidades novamente.

O amor ao próximo, é o cumprimento da lei

Amamos as pessoas simplesmente porque temos amor para dar, não devemos amar porque a pessoa nos fez bem ou é alguém da família, a palavra de DEUS diz que JESUS em seus ensinamentos aos apóstolos resumiu os 10 mandamentos em apenas 2, o primeiro é amar a DEUS acima de todas as coisas, isso quer dizer que devemos amá-lo apenas por ele ter nos dado a oportunidade de viver, por ter nos escolhido para ter uma chance de construir uma vida e nos dar pessoas para cuidar, e o segundo mandamento é amar ao próximo como amamos a si mesmos, este então é o resumo verdadeiro que o amor habita dentro da gente e não na da atitude do próximo para com nós. Mas como assim? Vou explicar, amar ao próximo resume por exemplo aquele mandamento que diz “Honra teu pai e tua mãe”, pois qual cidadão de entre vós que ama o próximo deixará de amar pai e mãe que foi quem nos concebeu? Ou resume também aqueles outros 3 mandamentos que dizem desta forma e em sequência “não matarás, não adulterarás, não furtarás”, ou qual dentre vós que estão lendo este artigo e tendo amor abundante em seu coração irá tirar a vida de alguém, não apenas vida física mas também a emocional, pois uma frase que diga de forma equivocada pode matar o sonho de um amigo próximo ou familiar, ou até mesmo uma traição no mandamento do adultério que pode destruir uma família matando o sonho de ser feliz ao lado de quem ama e roubando a esperança de ambos e até de si mesmo pois quem ama, não rouba a ninguém e nem a si mesmo. Podemos até falar de outros dos 10 mandamentos que são “não dar falso testemunho contra o próximo, não cobiçar a casa e nem a esposa do próximo” mas isso levará ao mesmo raciocínio de quem tem amor no coração não precisa se preocupar com nenhum destes pois não os fará.
Por este motivo devemos levar a lição de que precisamos amar ao próximo pelo que somos e não pelo que o outro tem a nos oferecer, sem escolher raça, cor e etnia pois quem tem amor no coração e o tem em abundancia DEUS habita com ele.

Seja um apoiador de novos eventos

Quando tem um evento novo em sua cidade ou região você costuma apoiar? Participar para conhecer ou ajudar divulgar para que o mesmo de muito certo? Alguns preferem “zicar” e ficam em casa fazendo propaganda negativa. Eu particularmente gosto de apoiar e incentivar as novas ideias e atitudes, pois é desta forma que iremos rumar para um objetivo em comum. Sabemos que o que faz um município/estado/país crescer é a junção do empreendedorismo que tem ideia de qualidade junto com uma comunidade que pega junto para buscar o sucesso dos eventos proporcionados. 

E neste final de semana é hora de apoiarmos, pois acontece o CasaFar, o primeiro, que certamente será de muitos feirões de imóveis em Farroupilha, eu creio que tem tudo para dar certo a ideia dos sócios Diego e Anderson da empresa Ligue Imóveis, onde eles se colocam a disposição de doar 1kg de alimento ao hospital São Carlos por cada visitante na feira, isto certamente está na alçada dos mesmos, agora se em próximas oportunidades o evento der tão certo e os empresários do ramo se juntarem para além de ampliar o evento tornar a doação ainda mais impactante, pensando num volume bom em dinheiro ou até equipamentos necessário para a manutenção do mesmo?
 

Nestes 2 anos e meio que residi em Itapema SC vi muitos feirões de imóveis acontecendo na região e certamente os mesmos impulsionam o crescimento da cidade onde é realizado, pois no litoral de Santa Catarina é fácil de encontrar prédios de 40, 60 e até 81 andares devido ao impulsionamento que é dado para os mesmos. Fiquei ricamente feliz quando fiquei sabendo que a nossa Farroupilha receberá um prédio de 20 andares no centro, isto mostra que logo mais haverá outros e além do crescimento ser exponencial, os olhos dos investidores se voltam para cá gerando mais empregos e sustentabilidade.

É nosso dever valorizar estes eventos com ao menos nossa participação para que os mesmos se mantenham nos anos que estão por vir, com nossos olhos voltados pra frente e um sorriso no rosto conquistaremos tudo que DEUS tem preparado para nós.
 

Ao homem resta viver pela fé!

Esta Semana li uma matéria que fala a respeito de um cientista que confirma que existe vida após a morte, apresenta também umas fotos de uma câmera fotográfica que consegue registrar em uma imagem em outra dimensão que mostra detalhadamente o espírito saindo do homem com tons de azul em vários estágios, primeiramente sentando e depois se levantando. Isso me deixou no mínimo curioso e fui pesquisar mais sobre o assunto, e em sites da internet encontrei mais matérias a respeito com outros episódios. Os mesmos ainda falam que pontos vitais como umbigo e cérebro desconectam antes e a alma vai para outra dimensão. Indo mais afundo encontrei sites como o E-Farsas desmentindo os mesmos e provando por “A” + “B” que é tudo mentira, e ainda explica como são feitas as montagens das fotos provando que o computador faz tudo.

Logo pensei, isso é exatamente o mesmo que fazemos todos os dias, tentamos provar para os outros que a nossa verdade é que é a verdadeira e se formos tentar ter razão em tudo o único resultado que isso irá trazer são as inimizades, ou pelo menos, as caras feias que vamos receber das pessoas que amamos, ou até mesmo nada na hora, mas sentimentos ruins a respeito de nossas opiniões.

A palavra de DEUS diz em Hebreus 11:1 que a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam mas que não se vêem. E eu creio que este seja o “x” da questão, pois se verdade ou se mentira for falar sobre o assunto com seu irmão haverá divergência em ambas as fés, uns dirão que é verdade, e que o espírito deixa o homem após a sua morte e outros vão dizer que ali quando morre acaba tudo, mas ambos responderão pela fé.

O que eu creio? Apenas na palavra de DEUS onde fala em Hebreus 9:27 que ao homem está ordenado morrer uma única vez vindo depois disso o juízo. Fato que lhes falo pela fé, pois certamente o espírito vai para outro lugar e aguardará a promessa do paraíso pois o que seria desta vida se só restasse esta? Eu creio que estes 80 anos em média que passaremos aqui não são nada perto da eternidade que viveremos no céu.
 

A culpa é da maçã

Por muitas vezes nos deparamos com um pensamento de culpar o próximo. Quem nunca passou por uma situação onde houve uma cobrança por algo que deu errado e sentimos aquela vontade de dizer que a culpa foi do outro? Mas a questão que quero colocar em pauta é a seguinte, de quem é a culpa? 

Em um passado muito distante, quando iniciou este mundo, o arcanjo Lúcifer (anjo de luz) perdeu seu lugar no reino celestial por tentar ser mais poderoso que o próprio DEUS e segundo o livro de Gênesis 1:2 “houve trevas na face do abismo” recebendo ele um novo nome, satanás, ou apenas “trevas”, na sua sequência a Bíblia descreve que a terra se tornou habitada por Adão, Eva e todos os animais que preenchiam o jardim do Éden e o homem tinha domínio sobre todos os animais, e lá poderiam comer de todas as frutas menos da árvore do bem e do mal que está neste contexto figurada pela maçã. Nisso o “trevas” começou a sondar os animais da floresta e conseguiu convencer a cobra de ir até Eva e dizer que ela poderia comer da árvore proibida pois desta forma ela teria a sabedoria de DEUS e em troca disso prometeu para a cobra imortalidade, ela foi lá e fez e conseguiu fazer com que Eva além de morder a maçã, desse um pedaço para o Adão.
Conta a história que quando DEUS desceu a terra novamente perguntou a Adão o que havia acontecido e o mesmo prontamente respondeu que a culpa tinha sido da Eva, a Eva quando então questionada prontamente disse que a culpa tinha sido da cobra e a cobra quando também questionada disse que a culpa foi do “trevas” e o “trevas” da mesma forma disse que a culpa tinha sido do próprio DEUS por ter tirado o lugar que pertencia a ele entre os anjos no céu.

Esta história certamente está um pouco figurada, mesmo por revelação ser totalmente verídica. E quando analisada se percebe que hoje em dia continua da mesma forma, uns dão culpa nos outros e em muitas vezes sobra até pra DEUS, mas quando não sabemos a quem culpar sendo que devíamos culpar apenas a nós mesmos pode sobrar até pra maçã.
 

Plante sementes ao seu redor

Como é bom estar em casa. Após precisamente 2 anos 5 meses e 23 dias posso dizer que sou novamente um cidadão farroupilhense. Após ter passado todo este tempo com minha família em Itapema SC desenvolvendo o trabalho que a quase 7 anos desenvolvo com muito vigor chegou a hora de voltar. E sabe aquela sensação de dever cumprido? É assim que me sinto ao retornar pra casa pois sei que lá deixei sementes e raízes germinando que irão frutificar por muitos anos.

Agora, assistindo ao programa O Aprendiz na Band esta semana me deparei com uma pergunta que foi feita ao apresentador Roberto Justus e esta se encaixou muito comigo: “Você Justus “faz o que faz” para mudar a vida das pessoas ou para deixar sua marca no mundo? ”. Acredito que não seja uma resposta simples para responder sem pensar. Eu passei a semana pensando e ainda não obtive uma resposta 100% concreta mas já tenho previamente formulada, pois passei este tempo em Itapema por um propósito e tenho a plena convicção que foi para dar a oportunidade de as pessoas mudarem suas vidas. Seja no âmbito profissional ou espiritual, pois por muitas vezes estava falando de negócios e fechei meu material pois percebi que não era este o assunto que devia tratar naquele momento. 

Penso que o grande detalhe está em conduzir a nossa própria vida a mudar a vida das pessoas. Eu creio que JESUS já veio e deixou um grande legado no mundo. Ninguém conseguirá apagar e nem substituir o que ele fez, então compete a mim levar este legado para germinar e mudar a vida dos outros, e se de alguma forma conseguir plantar uma semente, a mesma será regada e na hora certa irá frutificar.

E quanto a volta a Farroupilha, ah, a mesma se encaixa perfeitamente em, agora mais maduro, regar o que se plantou no passado e ajudar a germinar, pois o que seria desta vida se não fosse um propósito de ajudar outras pessoas a verem um mundo de forma melhor ensinando o que aprendemos e aprendendo ainda mais para ensinar no futuro. E estar em casa da esta tranquilidade, de concentrar o pensamento no que realmente importa, que é mudar a vida de todos que DEUS permite estar ao nosso redor todos os dias.
 

Seja o melhor que você pode ser

Quantas pessoas a gente percebe no dia a dia que não tem caráter? Quantos nem sabem o que é caráter? Será que os pais e professores hoje estão aptos a ensinar sobre caráter ou nem mesmo aprenderam um dia sobre isso? Mas afinal, qual é a minha percepção sobre esta filosofia de vida?

Dentro do coração de cada homem existe algo chamado consciência, e se ela estiver ativa, faz com que automaticamente acuse caso faça algo fora de seus princípios quando está em meio a uma multidão ou sozinho trancado em seu quarto..

Desde a escola as crianças são doutrinadas a ir para aula, fazer as provas, conseguir uma nota acima da média e passar de ano. Isto dificulta que elas desenvolvam o caráter, pois tendem a fazer de tudo para ir bem na prova, fazendo-as “colar” para conseguir uma nota boa. Mas esse princípio está corrompido, e é por isso que vemos tanta corrupção por onde passamos. É preciso um basta, para que com o passar do tempo à cultura se volte para o desenvolvimento do caráter. Se começar por casa ou pela escola, a instrução deve ser moldar o pensamento da criança a sempre dar o seu melhor. A expressão dar o seu melhor é exatamente ser o melhor que se pode ser naquele momento indiferente de quanto bom for o seu colega ou a pessoa que está ao seu lado. Isto faz não ser melhor que ninguém e sim o melhor que se pode ser com o conhecimento que se tem. No momento que alguém da o seu melhor, faz com que se desenvolva uma habilidade sem mínimo ou máximo, pois se pensar em máximo, todo máximo tem um limite.

Concluindo, uma pessoa é conhecida por seu caráter desde quando vai ao mercado e recebe um troco errado ou um produto esquecido de computar e acusa ao caixa para que corrija e ainda devolve o troco amais dado pelo mesmo, e até em uma fila quando tem paciência e ocupa seu lugar ao invés de furar e deixar outra pessoa para trás. Ative sua consciência, e comece hoje a fazer um mundo melhor para ensinar seus filhos a no futuro duplicarem ensinando outras pessoas a serem o melhor que podem ser ao invés de ficar fazendo o que for preciso para ser melhor que os outros.
 

O dia de amanhã trará suas próprias preocupações!

Hoje em dia é comum ver pessoas vivendo montanhas russas emocionais. A própria crise colocada pela mídia faz com que alguns afundem, se mantenham ou cresçam com ela, pois alteram seu estado emocional de acordo com a notícia que passa na TV. Não podemos mudar nosso sonho, apenas devemos mudar o plano de como estamos fazendo para alcançá-lo.
É muito simples ir a um parque de diversões e sentar no carrinho do brinquedo e mesmo dando frio na barriga saber que ele chegará ao seu destino pela segurança que tem, agora quero ver você assumir o controle de sua vida e nos altos e baixos manter a fé de que chegará ao destino com segurança.
Se analisar, normalmente ao acordar, estamos como se fosse no ponto de partida de uma montanha russa, quando colocamos o cinto e estamos tensos por não saber o que o dia reserva pela frente é como se estivéssemos tomando nosso café e assistindo ao noticiário. Sair para a rua pode significar fazer muita força para subir no ponto mais alto e encontrar muitas pessoas fazendo o mesmo, preocupadas correndo para lá e para cá. Aí vem a primeira decida e começamos nosso dia, já nas primeiras tarefas podemos nos pegar gritando e correndo contra o relógio, passaremos por loopings e curvas alucinantes para chegar ao final e repousar com o sentimento de dever cumprido. No outro dia, começa tudo de novo e devemos estar preparados, pois dificilmente as emoções serão as mesmas, às vezes mais fortes ou até mesmo mais fracas. Mas o que dá o sentido para encarar tudo de novo é saber que temos a possibilidade de garantir o futuro de nossa família através do nosso esforço diário.
Firme seu coração na verdade, e pare um pouco de se basear em tudo que está acontecendo em nosso país ou no mundo para tomar as decisões. Faça a sua parte e estabeleça um equilíbrio, pois o que seria do mundo sem a televisão? Todos acordariam cedo e sairiam em busca das próprias emoções do dia, e não ficariam preocupados com o que se passa na vida dos outros ou com as emoções futuras, pois o dia de amanhã trás as suas próprias preocupações!
 

Seja admirado apesar de seus defeitos

Quem já encontrou logo pela manhã uma pessoa que comentou um defeito seu e isso te perturbou, falando de seu rosto, seu tamanho, ou de seus objetos pessoais? O famoso bul-lying vem sendo praticado desde a época da escola, e acaba se tornando um hábito na vida das pessoas. Mas não podemos julgar uma pessoa pela aparência por ela ser alta ou baixa, gorda ou magra, feia ou bonita, isso não irá interferir no propósito que DEUS tem para ela. Agora eu sempre fui gordinho, e como é bom encontrar uma pessoa logo de manhã que diz assim: mas tu emagreceste né? . Fico até sem jeito, porque sei que não emagreci, mas co-mo aquilo faz bem ouvir, portanto se sabemos o que faz bem pra nossa alma, vamos criar o hábito de fazer pelos outros também, várias histórias comprovam que aparência não é do-cumento e vou contar uma delas.

Enrico Preziosi, ex-presidente do Clube de futebol Como, time da terceira divisão da Itália, ficou famoso no mundo inteiro por ter quase revelado o argentino Lionel Messi ao futebol. Quando o garoto tinha 15 anos, Preziosi o descartou, após ter passado por um período de testes no clube, hoje se arrepende, pois o investimento da época traria ao Como estabilidade financeira por trinta anos com sua venda, comenta. Anos antes Messi havia jogado nos juve-nis do Newell’s Old Boys até descobrir que tinha um problema hormonal cujo era necessário um tratamento diário a base de injeções que custariam US$900,00 na época, o clube não quis bancar, seu pai tentou então com o atual semifinalista da Libertadores River Plate, que tam-bém o rejeitou. Com a ida pra Europa o pai de Messi na persistência chegou até o Barcelona da Espanha, clube que representado por Carles Rexach, técnico dos juniores contratou Lionel em 30 segundos, ele conta que em seus 40 anos de experiência nunca havia presenciado nada igual. Resultado, no dia 21 de dezembro de 2009, Messi foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA.

Quando vemos uma pessoa diferente não julgamos porque queremos julgar, ninguém pensa assim: agora vou julgar o fulano, deixa eu ver o que ele tem de errado, não, isso é um ins-tinto e precisamos aprender a bloquear e reverter olhando apenas as qualidades do próximo e fazendo elogios verdadeiros para levantar a autoestima de quem está ao nosso redor. Crie o hábito de identificar rapidamente a qualidade de quem se aproxima e com um sorriso no rosto exponencialize um elogio, isso fará com que você seja admirado apesar de seus defei-tos por praticar o ato de elogiar as pessoas ao seu redor apesar dos defeitos delas. 

É justo para todos os interessados?

Por muitas vezes nos arrependemos de atitudes tomadas no passado e nos dá vontade de voltar no tempo e mudar as decisões, mas não somos donos tempo, este só a DEUS pertence, por este motivo precisamos curar as feridas abertas para quando olhar para as cicatrizes, perceber que superamos as dificuldades. Uma atitude que podemos ter para evitar novas feridas é não tomar decisões pelos nossos impulsos e sim avaliar antes se o que faremos é justo para todos os interessados, sendo assim ganharemos tempo fazendo apenas o que é correto ao invés de ficar esquentando a cabeça e perdendo tempo com o que de fato é desnecessário.

Uma frase que li em um livro no passado é se houver algo que você venha a fazer onde uma única pessoa não possa saber, não faça pois isto está erado e eu reforço, se pensar em fazer algo que uma pessoa não possa saber troque de pensamento. Pois pelo mesmo motivo que este, no programa O Aprendiz ministrado por Roberto Justus, houve uma demissão dupla, além da tradicional demissão de um dos participantes que após perder a prova é confrontado na sala de reuniões pelo âncora e seus conselheiros, Montalvão teve seu caráter afrontado por tentar ganhar vantagem ao utilizar o nome de Ricardo Justus, filho do próprio Roberto Justus para conseguir uma parceria na execução da prova. Foi exibido no ar o momento em que Montalvão liga para a empresa de Ricardo e usa palavras que deixa Justus irritado: Mas eu conversei com Ricardo(Justus) e ele falou: liga na Jk. Então assim.... faz. Ou seja, ele quer que pelo menos nesta prova a Voyager (empresa do filho de Justus) esteja, porque senão ele não haveria me dado o seu telefone concorda?. Ou seja, ele criou uma situação que não é real, colocando palavras na boca de alguém que não disse. Isto de fato caracteriza certa falta de caráter, muitos vão dizer que é pela emoção da hora, mas normalmente é a emoção da hora que pode te prejudicar em oportunidades futuras.

Minha mãe já me dizia, o ser humano tem a capacidade de pensar três vezes antes de falar. Então dentro das atividades que você pense, faça ou haja lembre-se de se fazer esta única pergunta: É justo par todos os interessados? Se a resposta for sim siga em frente, pelo contrário troque o rumo para não sofrer as consequências no futuro.