O Farroupilha
  1. Home
  2. Notícias

Por: Marina Grandi

Aline Bittencourt Canziani - Poesia na criação e na vida

Aline Bittencourt Canziani   -  Poesia na criação e na vida
[""] (Foto: Arquivo Pessoal)

Aline Bittencourt Canziani é designer e recém inaugurou o Armazém do Desvio. Com amor e poesia, ela e o marido, Francisco, criam seus filhos, Nina Canziani, 14 anos e Chiquinho Canziani, oito anos. Conheça mais a leveza e o encanto de Aline. 

 

Como é a criação dos teus filhos com esta diferença de idade? 
A criação dos dois em relação à diferença de idade é bem tranquila, eles são maravilhosos, calmos e gostam das mesmas coisas. Somos bem “família”, fazemos tudo juntos. Eu e o meu marido passamos uma educação de muito carinho, respeito e firmeza. São muito educados e prestativos, filhos encantadores.

O que mudou na tua rotina após a inauguração do Armazém do Desvio? 
O contato com a natureza aqui é muito presente, o apreciar de cada desabrochar de flores, o olhar o céu à noite,  procurar estrelas cadentes, sentir o cheiro mágico do vento, juntar os pinhões quando caem, comer frutas no pé, isso tudo é muito importante pra nós. E é dessa magia toda que nasceu o Armazém do Desvio, um lugar onde podemos mostrar e proporcionar a outras pessoas esse encanto de lugar.

Como foi a decisão de abrir o espaço? Eles opinaram? 
O Armazém foi nascendo aos poucos, sem pressa, porque cada detalhe era importante e fazia parte de mim. Tudo ali é feito com muito amor e dedicação.
Meu marido e meus filhos sempre estiveram junto, participando de todas as etapas. Sem eles com certeza não existiria Armazém. Adoramos estar ali no fim de semana, participando, recebendo as pessoas. A Nina trabalha comigo e o Chiquinho participa com muitas futuras ideias.

Como é a tua atuação lá? 
O meu papel é fazer com que as pessoas se sintam bem, recebo, conto a história do lugar (que é muito interessante e poucas pessoas conhecem), falo sobre o trem, o Veraneio que existia ali, como surgiu  nome de Desvio Blauth, também se precisar vou pra cozinha, tenho múltiplas funções. O Armazém se tornou um filho, que cuido com todo o carinho.

Se fosse dar um conselho a quem quer ter filhos, o que dirias? 
Para as mulheres que querem ser mãe digo: filhos é a oportunidade de conhecer o verdadeiro amor. E para os meus filhos sempre passo um único conselho: ser feliz. 

Sentes-te outra pessoa depois que tiveste filhos? O que mudou? 
Meus filhos são o preenchimento da minha alma, isso diz tudo.