O Farroupilha
  1. Home
  2. Notícias

Por: Claudia Iembo

Inovação como parte do sabor

Inovação como parte do sabor
Produtos da Benja - projeção de comercializar dez mil quilos por semana (Foto: Estúdio Dalmonte)

Um produto que nasce da terra. Empreendedores que enxergam possibilidades de lucro. Investimentos e planejamento. Está pronta a receita de uma empresa que vai tomar seu espaço no mercado nacional.  Benja Selecionados, dos sócios Fabiano Piccoli e Antônio Luiz Dotta.

Em três mil e quinhentos metros de estufas na linha Julieta são produzidos dez mil quilos de tomates Cocktail e Grape, comercializados para grandes redes de supermercados e restaurantes da região, além de Santa Catarina e Mato Grosso. São Paulo, Paraná e Minas Gerais estão entrando nas negociações, segundo Piccoli.

Para atender todo este mercado, os sócios estão investindo para aumentar a produção. “Estamos construindo mais três estufas, totalizando em torno de onze mil metros de área. As estufas possuem temperatura controlada com aquecimento a diesel e ventilação na parte superior para termos o produto 12 meses por ano ofertados aos clientes. É um investimento alto, mas que nos permite sermos reconhecidos como uma empresa que tem o produto o ano todo”, explica Piccoli.

Para Antônio Dotta, empresário reconhecido do ramo contábil, que entrou na Benja junto à esposa e filha, a vontade de fazer a empresa crescer é grande. Assim como a confiança nela. “Existe um grande mutirão familiar para fazer e ver a Benja no topo e em cinco anos ela será uma empresa consolidada, respeitada em nível Brasil, referência no ramo de tomate, referência em termos ecológicos e sociais, com produtos que atendam a culinária de uma forma geral”, afirma.

Segundo Dotta, a Benja também é uma inspiração vinda de seu pai, Antônio Dotta, que orientou muitos empresários de sucesso do agronegócio. Investir no segmento é motivo de orgulho. “Meu pai sempre foi muito inovador e visionário. A Benja é inspiração vinda dele e por isso me sinto muito orgulhoso de implantá-la em Farroupilha, pensando no meu pai também”.

O nome da empresa foi inspirado no nome do filho de Piccoli, Benjamin. A imagem de um nono abraçando os produtos também foi estudada para transmitir o cuidado que se tem na produção dos tomates. “A adubação é mineral, todos os nutrientes que a planta precisa para crescer, para ficar vigorosa são fornecidos através da irrigação na água, que é feita por gotejamento. Não trabalhamos com defensivos agrícolas”, ressalta.

 

Crescimento

Segundo Piccoli, a partir de setembro haverá ampliação de produção. “Nossa projeção é comercializar dez mil quilos por semana. Esta é a nossa meta: vamos quadruplicar a produção para termos uma penetração maior no mercado. Estamos falando de um investimento de quatro milhões e meio de reais. Hoje temos doze colaboradores e em setembro, quando nós estivermos no pico, teremos empregado quase cinquenta pessoas”, prevê.

“Se nós pensarmos que em breve teremos quase cinquenta funcionários, isso já é uma belíssima ação social, mas nós não vamos parar por aí, nós vamos criar outras ações, nas quais vamos ajudar aquela pessoa que quer ter uma oportunidade, que tem vontade de crescer. Vamos criar programas para que isso aconteça”, antecipa Dotta.

Além da Benja Selecionados, os sócios se juntaram a Teresinha Bianchet Tavares para a criação da Benja Gourmet, empresa que vai processar os tomates e gerar outros produtos com a marca. Fora este projeto, Piccoli conta também que toda a arquitetura da Benja foi planejada voltada ao futuro com a Benja Garden. “Vamos ofertar um espaço de lazer, onde as pessoas poderão colher seus próprios tomates. Será um espaço para receber turistas e visitantes, nos mesmos moldes que os espaços das vinícolas para festas ao ar livre. Isso em um horizonte de 36 a 48 meses”, antecipa.

Em Farroupilha, os tomates Benja já são encontrados em diversos mercados, fruteiras e restaurantes, mas Piccoli ressalta os primeiros clientes. “Os três primeiros clientes que acreditaram em nós foram: La Spezia Delicatessen, Galeto Feltrin e Restaurante Caminho do Trem. Ressalto também o apoio de Daniel Bampi, que abriu diversas portas para nós e seguidamente nos visita”, agradece Piccoli.

A Benja Selecionados está expandindo sua produção e seu mercado. De pequenos frutos nascem grandes perspectivas.