O Farroupilha
  1. Home
  2. Notícias

Por: Redação

Um novo ciclo - Uma nova Farroupilha

Um novo ciclo - Uma nova Farroupilha
(Foto: Ari Júnior)

Que a vida é feita de ciclos, sabemos. Alguns levam mais tempo que outros para iniciarem. Depois de 24 anos, a vez de um prefeito Progressista mostrar uma nova Farroupilha aos eleitores que confiaram nele. Fabiano Feltrin (PP), o prefeito eleito na cidade, não cansa de agradecer os apoios que obteve em uma curta campanha e ao lado do vice, Jonas Tomazini (MDB), promete inserir a todos em um “governo municipal que irá trabalhar com a sociedade civil organizada, governando junto com as entidades e inserindo os jovens na política”.

Na coletiva de imprensa, realizada na noite deste 15/11, a dupla eleita respondeu às perguntas que foram feitas e foi para as ruas, festejar junto à população.

A transição de governo será feita em tempo menor e mesmo assim, os eleitos deixaram o convite. “A partir de hoje somos todos farroupilhenses e convidamos a todos a nos encontrar e a conviver juntos, pois moramos no mesmo município. É esta mesma postura que esperamos da atual administração, que ela tenha o caráter de fazer uma transição tranquila, pensando não em um governo que encerra e inicia, mas sim em um governo necessário para todos os farroupilhenses”, disse Jonas Tomazini.

Educação e saúde foram as duas áreas apontadas como urgentes a serem trabalhadas antes da transição de governo.

“No dia 11 de dezembro, no aniversário do município, iremos anunciar toda a equipe de secretariado, mas na educação e na saúde iremos anunciar antes”, complementou Feltrin.

“Soubemos trazer as demandas da comunidade nas conversas de campanha. São elas: prefeito e vice acolhedores, gabinete aberto, o mesmo gabinete para o prefeito e para o vice, além disso temos a saúde, com filas de exames e cirurgias, a questão do emprego e por fim o déficit habitacional”, elencou Feltrin.

 

Acompanhe as demais declarações de Fabiano Feltrin na rápida entrevista cedida aos jornalistas

“Não somos reféns de partidos. Não negociamos absolutamente nada com partidos, nem cargos, nem salários porque sabemos que devemos fazer o enxugamento da máquina pública, diminuir aluguéis, tem muita coisa para fazer. A nossa ideia é que a gente possa trabalhar com todos, juntos. A prefeitura é uma prestadora de serviços e para a população nós iremos trabalhar”.

“Nós somos os candidatos que fizeram o compromisso de não intervir na gestão do Hospital Beneficente São Carlos. Iremos fazer um plano de recuperação econômica para o hospital, trazendo mais recursos através de parcerias com o governo federal. Nós iremos trabalhar junto com o hospital, apoiando o conselho voluntário e por eles nós vamos lutar muito”.

“É uma honra para mim ser o prefeito progressista eleito depois de Avelino Maggioni, depois de 24 anos. Somos um partido que tem na sua essência a característica do desenvolvimento do emprego e da renda”. 

“Feltrin e Jonas é a garantia de ter mais empregos, mais renda, de atrair mais empresas e de impulsionar e incentivar as empresas que já existem. Isso vai fomentar a cidade para ter mais dinheiro nas áreas mais sensíveis que são educação, saúde e habitação”.