O Farroupilha
  1. Home
  2. DARCI LEVIS

Você e a Bíblia: Capítulo 24: Tragédia

Segundo definições de dicionários, uma tragédia é um acontecimento triste, funesto, catastrófico, devastador, uma desgraça, um desastre, uma calamidade, etc. Se refere a um ato que nos deixa boquiaberto, que nos surpreende. 
Como exemplos do Brasil, em janeiro de 2019 a barragem de Brumadinho/MG se rompeu e ocasionou a morte de mais de 200 pessoas. Em fevereiro de 2019, dez meninos jogadores de categorias de base do Flamengo morreram num incêndio ocorrido no centro de treinamento do clube. Ainda em fevereiro, um temporal que atingiu a cidade de Rio de Janeiro/RJ provocou a morte de seis pessoas. Conforme as reportagens sobre estes acontecimentos, todas elas foram consideradas tragédias anunciadas, que estavam na iminência de ocorrer.
De uma forma geral, todos nós concordamos que os fatos citados acima são considerados tragédias. No entanto, considerando os ensinamentos bíblicos, a maior tragédia aconteceu para as pessoas que morreram sem Deus. Conforme Hebreus 9:27: Cada pessoa tem de morrer uma vez só e depois ser julgada por Deus.. Neste sentido, cada pessoa que morreu nos acidentes citados acima já teve um destino, e, será julgada.
Cada julgamento só terá dois caminhos possíveis: morte eterna ou vida eterna. Conforme Romanos 6:23: Pois o salário do pecado é a morte, mas o presente gratuito de Deus é a vida eterna, que temos em união com Cristo Jesus, o nosso Senhor.. Sendo assim, quem não acredita em Deus e em Jesus Cristo, e não se arrepende sinceramente dos seus pecados durante a vida na terra, continua no pecado até a morte física. Então, neste caso, quando a morte física chega, sua consequência é a morte eterna.
Por outro lado, quem passa a acreditar em Deus e em Jesus Cristo, e se arrepende sinceramente dos seus pecados durante a vida na terra, está perdoado dos seus pecados quando a morte física chega. Então, neste caso, quando a morte física chega, sua consequência é a vida eterna, conforme disse Jesus em João 5:24: Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem ouve as minhas palavras e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não será julgado, mas já passou da morte para a vida..
Neste sentido, para Deus, não é tragédia o fato de pessoas morrerem fisicamente, quando ganham a vida eterna. Entretanto, para Deus, é tragédia o fato de pessoas morrerem fisicamente, quando ganham a morte eterna. Esta é a pior tragédia para Deus. Portanto, ou se ganha vida eterna ou morte eterna. Não existe segunda chance! A parábola do rico e de Lázaro, descrita em Lucas 16:19-31, é um exemplo claro disso.