Ingressos para os shows nacionais da Fenakiwi já estão à venda

Dentro da ampla programação cultural que será realizada durante a 24ª Festa Nacional do Kiwi e 2ª Expo Farroupilha, de 07 a 24 de julho, o público poderá assistir a dois shows nacionais. No dia 16 de julho (sábado), sobe ao palco do Parque Cinquentenário, em Farroupilha (RS), a banda Atitude 67 e no dia 23 (sábado), será a vez da dupla Marcos e Belutti mostrar os seus grandes sucessos na Serra Gaúcha. Os ingressos para os shows garantem acesso à visitação da Fenakiwi. Os portões para o espaço dos shows abrem às 18 horas e as apresentações estão previstas para iniciar às 21 horas.
Os ingressos já podem ser adquiridos nas Lojas Colombo de Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi, Carlos Barbosa, Flores da Cunha e Veranópolis; nos Postos Comboio de Caxias do Sul (Rua Pinheiro Machado, 1465 e Av. Júlio de Castilhos, 3221), com pagamento somente no cartão de débito ou crédito em até 6 vezes; nas Lojas Colombo de Farroupilha serão aceitos pagamentos em dinheiro e cartão de débito e crédito em até 6 vezes. Ainda em Farroupilha, haverá venda de ingressos na DC Kids (Rua Cel. Pena de Moraes, 707 – Centro) e no Deck 256 (Rua Gonçalves Dias, 306 – Centro).
A venda online é pelo site www.fenakiwi.com.br
Informações: (54) 98432-9132 (WhatsApp).

Sobre os artistas:
A banda Atitude 67 gravou em abril de 2022 o novo álbum audiovisual, repleto de canções autorais e releituras de sucessos dos campo-grandenses e de grandes artistas, o projeto que recebe o nome de “Sempre Foi Pagode” – para reafirmar o ritmo que move suas raízes e seus integrantes – contou com as participações especiais dos amigos Mumuzinho, Menos é Mais, Matheus Fernandes e Ferrugem.
Com uma sonoridade mais popular, mas sem perder o DNA do A67, a banda escolheu músicas de diversos estilos, que são parte de sua essência, tudo orquestrado com maestria por Bruno Cardoso e Lelê. O repertório do novo álbum vem recheado de uma mistura entre músicas inéditas, regravações e hits do A67.
Estão presentes no repertório sucessos da banda, como “Cerveja de Garrafa”, “Deus Abençoe o Rolê” e “Saideira”. Ao lado de Mumuzinho, o sexteto interpretou o medley “Selinho/Abandonado”; com os amigos do Menos é Mais o A67 tocou “Me Chama de Copo”; já Matheus Fernandes dividiu os vocais com a banda em “Liquidificador”; enquanto Ferrugem interpretou com o Atitude 67 a música “Pelada”.
Por muitas vezes serem questionados quanto ao estilo musical da banda – “É pagode?”, “É pop rock?”, “É reggae?” – eles escolheram batizar o novo trabalho para frisar que sim, “Sempre Foi Pagode”, mas é o pagode do A67. Pedrinho, Rege, Leandro, Karan, GP e Eric adicionam o tempero da banda nos arranjos de todas as canções, que têm instrumentos característicos do ritmo, como pandeiro, rebolo e reco-reco.
Eleito “Grupo do Ano” no Prêmio Multishow 2019, o Atitude 67 é formado por seis amigos do Mato Grosso do Sul: Pedrinho Pimenta, Éric Polizér, Karan Cavallero, GP, Leandro Osmar e Regê. O grupo recebeu o Certificado de Diamante pelo álbum “Atitude 67”, Diamante Triplo pelo hit “Cerveja de Garrafa”, Diamante por “Saideira”, além de arrematar mais dois Certificados de Platina Duplo, seis de Platina e 10 Certificados de Ouro.
O Atitude 67 supera a marca de 1 bilhão de streams no Spotify, plataforma onde o grupo tem mais de 2 milhões de ouvintes mensais, além de ultrapassar 780 milhões de views em seu canal oficial no YouTube e quase 700 mil seguidores no Instagram.

Marcos e Belutti gravaram no final de maio de 2021 um novo projeto audiovisual com 15 músicas inéditas. Sem a presença de público, os cantores escolheram como cenário um campo de golfe, em Guarujá (SP), contemplando o pôr do sol e o fenômeno da superlua que abençoou a noite.

Batizado de Em Qualquer Lugar, o nome foi uma sugestão do Belutti, e logo aprovada pelo parceiro Marcos e o empresário Rodrigo Byça. O cantor conta: “assim que dei a ideia, todo mundo topou na hora por entender que neste momento, independentemente de onde a pessoa estiver e como vai estar o mundo – seja no meio da pandemia, no lockdown ou em uma reabertura de tudo – a gente quer poder tocar em qualquer lugar e o público ouvir em qualquer lugar, seja no carro, em casa, no churrasco, numa festa ou em um show nosso, assim que tudo melhorar”.

O primeiro volume do projeto tem quatro músicas, incluindo a faixa foco “Estado Frágil” uma composição de Marcos – ao lado de grandes parceiros – com participação de Dilsinho. O compilado foi lançado em julho, pela gravadora Sony Music, em todas as plataformas digitais e no YouTube. O segundo volume, também com quatro faixas, foi lançado em setembro e traz a participação especial da dupla Hugo & Vitor. O volume 3 veio em novembro de 2021, com a parceria de Israel e Rodolffo. Já o álbum completo chegou às plataformas em abril de 2022, trazendo o feat com Dennis DJ.

Para o repertório, que tem 15 faixas inéditas, a dupla se preocupou em sair um pouco da ‘zona de conforto’ e fazer um projeto bem eclético, unindo as românticas (característica marcante deles), e músicas com pegada de pop, de vaneira, de pagode, de modão, entre outras. Uma faixa especial, composta por eles, junto do parceiro Rafa Torres, chama-se “Maiores que o Mundo”, e é uma linda homenagem às mulheres. “Por mais diferente que sejam os estilos do álbum, todas as faixas têm a identidade de Marcos e Belutti”, afirma Marcos.