O último dia da caminhada

Eis que chegou o último dia da caminhada! Faltavam apenas 23km (o que não era nada, perto de todos os outros 180km percorridos, né?). A motivação daquela manhã foi muito grande, estávamos a poucas horas de casa! Tínhamos vencido o desafio e logo mais poderíamos celebrar!
Eu, meu pai Loureno e minha mãe Elizete saímos por volta de 05h30 da Pousada Vinícola Colombo e chegamos ao santuário por volta das 10h20!
Este dia foi o mais curto, o mais fácil mas o mais intenso pois o caminho nos reservou algumas aprendizagens. Aprendemos que Deus, Nossa Senhora e tudo o que acreditamos estão em todo lugar: nas pessoas, num pingo de chuva, no sol do amanhecer, numa planta e até mesmo entre nós. Às vezes a gente acha que só podemos orar na Igreja e esquece das manifestações belas do nosso cotidiano.
Nossos passos foram abençoados e cumprimos nossa missão com amor e alegria.
Faltando apenas 1km do santuário recebemos uma benção através de algumas gotas de chuva (bem como meu pai sonhava que fosse). Avistamos o santuário e a emoção de estar ali foi enorme! Entramos no santuário para agradecer a caminhada mas não fomos recebidos lá, tivemos que ir ao hotel Bem-te-vi pegar nossos certificados! Ficamos tristes pois esperávamos muito ser bem recebidos em nossa cidade, nossa casa!!! Ainda mais após tantos kms! Mas foi aí que aprendemos o valor das pessoas e o valor do que nos cerca! Tantas pessoas boas pelo caminho que nos ajudaram tanto, essas sim, enviadas de Deus para a terra! Se você faz bem para alguém, você também é!!
Obrigada a todos que torceram por nós! Que nos ajudaram, motivaram, enfim, todas as boas pessoas do caminho!
Foram 200km e para cada um, um motivo para agradecer.
Apenas recomendo: faça os caminhos de Caravaggio! Eu já quero fazer novamente!