Associação Farroupilhense de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos, AFEA, completa 38 anos

Fundada em 11 de janeiro de 1984, a AFEA, nasceu com o objetivo de reunir profissionais e estudantes das áreas representadas para a discussão de assuntos de engenharia, arquitetura, meio ambiente, sustentabilidade, energia e demais temas relacionados à categoria.
A entidade sem fins lucrativos, com personalidade jurídica própria e sem vinculação político-partidária, teve como primeiro presidente o engenheiro Romano Piccoli, que muito contribuiu para o crescimento das categorias representadas no município.
A AFEA é uma das entidades mais antigas e importantes do município, pois está inserida em várias frentes técnicas visando sempre o melhor para a cidade.
Ao longo dos anos, através de suas diretorias e associados trabalha de forma efetiva e possui um papel importante junto ao desenvolvimento de Farroupilha. A associação vem participando de forma ativa com representantes em diversos Conselhos Municipais e frentes de trabalho, deliberando assuntos em inúmeras áreas técnicas. “Essa é a nossa contribuição, há 38 anos, para o melhor desenvolvimento sustentável de Farroupilha, onde vivemos, criamos nossas famílias e escolhemos para viver”, comenta o presidente da entidade, Eng. Alex Gobbato.
Atualmente a AFEA pelo trabalho que vem fazendo, deu um passo importante na construção da sua história assumindo a Coordenação Estadual das Entidades de Classe do CREA/RS e no final do ano passado assumiu também uma cadeira na Coordenação do Colégio de Entidades do CAU/RS. “Isso demonstra a importância da associação não só para Farroupilha na qual tem realizado um trabalho junto à comunidade em prol do desenvolvimento ao longo destes 38 anos, mas também a nível Estadual, encabeçando a coordenação das demais entidades de classe vinculadas aos Conselhos”, destaca o presidente.
Outro ponto considerado fundamental para o crescimento e fortalecimento da entidade ao longo dos anos, se deve aos associados. “Quem faz a AFEA são os associados, o seu trabalho e, consequentemente, isso se reflete nas ações junto ao município”, salienta Gobbato. Hoje a AFEA conta com cerca de 100 integrantes. “Nossa intensão é trabalhar cada vez mais em prol dos colegas, oportunizando aperfeiçoamento, bem como a valorização deles e da entidade, resgatando sua história, captando novos profissionais e trabalhando em favor das atividades profissionais”, salienta o presidente.

Objetivo da Afea é trabalhar cada vez mais em prol dos associados, na valorização dos profissionais e dar continuidade às ações voltadas ao crescimento do município. FOTO: Divulgação