Cidade celebra 79 anos de emancipação com orçamento histórico

Dos R$ 199 milhões previstos, apenas R$ 7 milhões serão destinados ao Hospital Beneficente São Carlos. Valor teve redução de R$ 5 milhões em comparação com o deste ano

O projeto do orçamento municipal para 2014 prevê aumento de R$ 17 milhões em comparação com este ano, que  alcançou os R$ 182 milhões. Ou seja, para o próximo ano deve-se chegar aos R$ 199 milhões. Deste total, R$ 7 milhões devem ser repassados ao Hospital Beneficente São Carlos (HBSC), R$ 5 milhões a menos do valor  transferido em 2013, de R$ 12 milhões. O projeto ainda precisa ser discutido e votado – até o momento sem data  definida – na Câmara de Vereadores.

De acordo com o líder da bancada do PMDB, Arielson Arsego, o partido está estudando o orçamento de 2014, desde que teve acesso ao documento na segunda-feira à noite. O repasse dos R$ 7 milhões previstos para a entidade é visto como lastimável pelo partido. De acordo com Arsego, se esperava que o Executivo destinasse pelo  menos a mesma quantia repassada neste ano, de R$ 12 milhões. É lastimável que o prefeito não repasse nem ao menos o que foi passado neste ano, enfatiza. Para Arsego, as consequências irão gerar grandes prejuízos à saúde de Farroupilha. Haverá cortes drásticos no atendimento, prevê.

Confira todos os detalhes na edição impressa da últimasexta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *