O futuro da agricultura em pauta

Cerca de 25 jovens participaram de encontro promovido pela Fecovinho

A sucessão rural sempre esteve na pauta das reuniões da Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul – Fecovinho, mas desde o dia 22 de agosto o assunto se intensificou através do Encontro da Juventude Rural, que deu início a uma série de reuniões com jovens sobre o futuro da agricultura familiar.

Cerca de 25 jovens, entre sócios de Cooperativas e Sindicatos, reuniram-se no Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha, a fim de organizar os encontros com a juventude rural, que acontecerão entre 25 de setembro e 06 de outubro, em seis municípios da Serra, e também refletir sobre cenário atual e o futuro da agricultura, através da mediação de Luis Carlos Xavier Volcan. Além disso, os eventos servirão para propor pautas para a Jornada Vitícola de 2018.

Para Alessandro De Cesaro, 21 anos, produtor orgânico de Farroupilha, os encontros servem para mostrar o quanto é importante a união entre os agricultores. A sistemática utilizada conseguiu abrir nossos olhos sobre como o agricultor está situado nesse contexto, completa.

Os eventos são organizados por meio da Fecovinho juntamente com a Comissão Interestadual da Uva – CIU e Centro Ecológico de Ipê, com apoio da Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul – OCERGS. As ações com a juventude rural ocorrem desde 2013, através do programa de Assessoria Técnica e Extensão Rural – ATER, com o intuito de traçar metas e objetivos para o fortalecimento do jovem no campo, produtor de alimentos. O fechamento dos encontros ocorrerá dia 09 de outubro, em Farroupilha, com a presença do Joel Castañy, referência em Cooperativismo na França.